domingo , 20 agosto 2017
Capa > Saúde > Saiba onde você poderá se vacinar contra a rubéola e a poliomielite na capital paulista

Saiba onde você poderá se vacinar contra a rubéola e a poliomielite na capital paulista

Seja bem vindo(a)

Você está na categoria Saúde, leia sobre Saiba onde você poderá se vacinar contra a rubéola e a poliomielite na capital paulista, e outros relacionados sobre Saúde e faça bom uso do conteúdo!
Compartilhe!

Grávidas não devem tomar a vacina contra a rubéola.
Campanha começa neste sábado (9) e segue até 12 de setembro.

Os principais hospitais e assistências médicas ambulatoriais (AMA’s) da capital paulista onde a população pode se vacinar contra a rubéola a partir deste sábado (9). A campanha nacional de vacinação contra a doença vai deste sábado a 12 de setembro. A aplicação pode ser feita entre 8h e 17h. A vacina também confere imunidade ao sarampo. No período, também estará aberta a segunda etapa de vacinação paulista contra a poliomielite em crianças com menos de 5 anos.

Bairro Posto de Vacinação Endereço
Água Rasa Hospital e Maternidade São Cristóvão Rua Terenas, 161
Tatuapé Hospital Carmino Carichio Avenida Celso Garcia, 4815
Cidade Dutra Hospital Maternidade Interlagos Rua Guaiubá, 312
Guaianases Hospital Geral de Guaianases Rua Otelo Augusto Ribeiro, 899
São Miguel Paulista Hospital e Maternidade São Miguel Rua Luis Picolo, 11
Cambuci Hospital do Exército Rua Ouvidor Portugal, 230
Liberdade Hospital do Servidor Público Municipal Rua Castro Alves, 60
Moema Hospital Servidor Público Estadual Avenida Ibirapuera, 981
Cangaíba AMA Chácara Cruzeiro do Sul Rua Mercedes Lopes, 989
Iguatemi AMA Jardim da Conquista III Travessa Somos Todos Iguais, 330
Santa Cecília AMA Boracéia Rua Doutor Ribeiro de Almeida, 14
AMA Sé Rua Frederico Alvarenga, 259
Jabaquara AMA Doutor Geraldo Silva Ferreira Avenida Engenheiro Armando Arruda Pereira, 2944

Desde 1992, crianças e mulheres vêm sendo vacinadas contra a rubéola. Mas nunca houve uma campanha para vacinar homens adultos que tenham de 20 a 39 anos, considerados pelas autoridades de saúde os menos influenciados pelas campanhas de vacinação. Segundo a Secretaria do Estado de Saúde de São Paulo, dos 1.656 casos confirmados de rubéola em 2007 no estado, 57% acometeram homens da faixa etária de 20 a 39 anos.

Aproximadamente quatro milhões de doses da dupla viral e cerca de um milhão de vacinas contra a poliomielite serão disponibilizadas nesta campanha. A intenção da Secretaria Municipal de Saúde é vacinar no mínimo 95% das crianças com menos de 5 anos do município de São Paulo na 2ª fase da campanha contra a poliomielite, e imunizar 3,9 milhões de pessoas, que tenham entre 20 e 39 anos, contra a rubéola.

Adultos de 20 a 39 anos

A campanha nacional de vacinação contra a rubéola não se destina, entretanto, somente aos homens adultos e também cria imunidade contra o sarampo, pois a vacina dupla viral é aplicada. Devem receber a dupla viral todos os adultos de ambos os sexos na faixa etária dos 20 aos 39 anos. Apesar de uma única dose já proteger a pessoa contra a doença, de 3 a 5% dos vacinados não se tornam imunes na primeira aplicação, segundo a coordenadora de imunização da Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo, Maria Lígia Bacciote Nerger.

Como a única forma de saber se a vacina surtiu efeito é com a realização de um exame de sangue e não há reação adversa nos que já são imunes e tomam outra dose, todo adulto com mais de 20 anos deve se vacinar nesta campanha, segundo Nerger.

“Nós precisamos de 95% das pessoas vacinadas para que o vírus da doença deixe de circular em nosso meio”, explicou a coordenadora de imunização da Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo, Maria Lígia Bacciote Nerger.

Contra-indicações

A vacina só deve ser evitada por gestantes, pessoas que já tiveram reação alérgica grave à vacina; indivíduos com imunodeficiências congênitas ou adquiridas; pacientes que estão fazendo uso de corticóides em doses imunossupressoras, ou seja, que baixam a imunidade; pessoas em tratamento quimioterápico; e transplantados de medula óssea cuja cirurgia tenha sido feita há menos de dois anos. Em qualquer caso de dúvida, a recomendação é consultar um profissional de saúde.

Compartilhe!


O que acha? Adicione um comentário.
Este artigo sobre Saiba onde você poderá se vacinar contra a rubéola e a poliomielite na capital paulista, aborda alguns assuntos relacionados com Saúde, e foi atualizado em 2008-08-29
Compartilhar
Compartilhar