terça-feira , 22 agosto 2017
Capa > Gravidêz > O que é deslocamento prematuro de Placenta

O que é deslocamento prematuro de Placenta

Seja bem vindo(a)

Você está na categoria Gravidêz, Saúde, leia sobre O que é deslocamento prematuro de Placenta, e outros relacionados sobre Gravidêz, Saúde e faça bom uso do conteúdo!
Compartilhe!

Perguntas e respostas sobre deslocamento prematuro da Placenta

O que é deslocamento prematuro de PlacentaO descolamento prematuro de placenta acontece quando este órgão se solta antes do parto?
Sim: Normalmente, a placenta se descola do útero logo depois do parto. Isso porque, assim que o bebê nasce, o útero diminui, fazendo com que ela se desprenda. Caso isso ocorra antes da hora, o feto deixa de receber nutrientes e oxigênio e a mãe sente dores fortes devido à contração anormal e intensa do útero e pode apresentar ou não sangramentos pela vagina.

Caso a placenta descole, indica-se fazer uma cesárea?
Sim: O sangramento resultante do descolamento forma um hematoma entre a placenta e o fundo do útero. O feto deixa de receber sangue e se não for feita à. cesárea imediatamente ele pode morrer. Este coágulo: irrita o útero, que fica duro e faz a mãe sentir fortes dores. Há’ risco ainda de os fragmentos do hematoma voltarem para a circulação da mãe causando a coagulação intravascular disseminada. A cirurgia é indicada o quanto antes para que sejam retirados o nenê, a placenta e o coágulo a fim de interromper o processo.

É possível diagnosticar precocemente o problema?
Não: Como as causas são desconhecidas, nem mesmo Q exame de ultra-som indica o problema, que pode acontecer repentinamente. No entanto, existem alguns fatores de predisposição, como a ocorrência de um acidente, estresses muitos grandes, uso de drogas ilícitas ou pré-eclâmpsia. Para diminuir os riscos é necessário evitar essas situações e controlar adequadamente a pré-eclâmpsia.

O descolamento leva à prematuridade e também a mortalidade fetal?
Sim: Como o bebê deve ser retirado imediatamente da barriga da mãe, as chances de mortalidade, prematuridade e problemas ligados a isso, como desconforto respiratório e falta de oxigênio no cérebro, são altas. A sobrevida do bebê vai depender, inclusive, da rapidez com que a mãe chega ao hospital e da qualidade do atendimento. Ele pode morrer, nascer prematuro ou anêmico.

Uma mulher que teve o descolamento tem mais chances de apresentá-lo novamente?
Sim: Estas mulheres têm risco um pouco maior em relação ao resto da população, que passa a ser de 2% ou 3% quando as’ causas são desconhecidas. No entanto, se os médicos sabem o que a causou, ela é evitável.

Geralmente, acontece no terceiro trimestre da gestação?
Sim: O descolamento precoce só acontece no terceiro trimestre. Mas, no início da gravidez, pode haver um fenômeno parecido: o aborto.

Placenta prévia é o mesmo que descolamento prematuro?
Não: A placenta deve aderir nas paredes da parte mais alta do útero. Ela é a prévia quando não se fixa de forma correta. Este caso também apresenta um quadro de hemorragia, no entanto, a mãe não sente dor nenhuma, não há coagulação e o sangramento é materno e visível já que sai pela vagina. No descolamento prematuro, a placenta que estava corretamente alocada se solta e causa uma possível hemorragia interna.

Fonte: Meu Nenê – E- Ano 11 – 125

Compartilhe!


O que acha? Adicione um comentário.

3 comentários

  1. nei costa soares

    ha mais ou menos 30 anos levei minha esposa a um hospital pois ela estava mais ou menos com 8 meses de gravidez, ela queixava-se estar com a vista escurecendo examinaram e disseram que estava tudo bem, enquanto aguardava o parto, houve o deslocamento,vindo o feto falecer por sofrimento fetal agudo. minha esposa teve hemorragia e ficou em estado de coma por tres dias.

  2. Eu fiquei bem informada sobre o problema, pois miiinha está g´ravida esta é a terceira já abortou duas vezes por causa do descolamento foi muito sofrimento obrigada

  3. Adneia P. A.

    São ótimo de grande valia os conteúdos em especial , questões e respostas.

Este artigo sobre O que é deslocamento prematuro de Placenta, aborda alguns assuntos relacionados com Gravidêz, Saúde, e foi atualizado em 2010-08-05
Compartilhar
Compartilhar