terça-feira , 15 agosto 2017
Capa > Saúde > Fissura Lábio Palatina ou Lábio Leporino | Leia sobre Lábio Palatina

Fissura Lábio Palatina ou Lábio Leporino | Leia sobre Lábio Palatina

Seja bem vindo(a)

Você está na categoria Saúde, leia sobre Fissura Lábio Palatina ou Lábio Leporino | Leia sobre Lábio Palatina, e outros relacionados sobre Saúde e faça bom uso do conteúdo!
Compartilhe!

O que é Fissura Lábio-Palatal?

Fissura Lábio Palatina – É uma abertura no lábio ou no palato, podendo ser completa, lábio e palato. Essas aberturas resultam do desenvolvimento incompleto do lábio e/ou do palato (céu da boca), enquanto o bebê está se formando, antes de nascer. O lábio e o céu da boca desenvolvem-se separadamente durante os três primeiros meses de gestação. Nas fissuras mais comuns o lado esquerdo e o direito do lábio não se juntam, ficando uma linha vertical aberta. A mesma situação pode acontecer com o céu da boca ou palato. Em casos mais raros pode haver duas fissuras no palato, uma do lado direito e outra do lado esquerdo.

Por que a boca do bebê não se formou completamente?
Fissura Lábio Palatina – Infelizmente existem poucas respostas a essa pergunta. Numa parcela pequena, tem pessoas na família com esse tipo de problema, nesse caso ocorre o que é chamado de pré-disposição genética. Ou seja, o bebê tem uma herança familiar. Na maioria dos casos não existe esta situação familiar e a ciência procura as causas possíveis que acontecem durante a gravidez; são chamadas de causas ambientais e a melhor resposta sempre será dada por um profissional da área.

O que pode ser feito para ajudar o bebê com fissura?

O lábio pode ser reparado nos primeiros meses de vida. O céu da boca leva mais tempo. As datas exatas dessas intervenções cirúrgicas dependem do desenvolvimento do bebê e é determinado pela equipe técnica. Haverá sempre uma avaliação do médico pediatra.

O bebê pode ser alimentado corretamente?

Alguns bebês fissurados não têm problemas com relação a alimentação, outros têm dificuldades. O uso de mamadeiras com bicos especiais ou o posicionamento do bebê na hora da alimentação pode resolver o problema.Nesses casos a mãe deve ser orientada.

Os dentes terão problemas para nascer e crescer no bebê fissurado?

Se a fissura afetar somente o lábio, provavelmente os dentes não terão problemas. Mas se a fissura atingir a gengiva, onde os dentes nascem e crescem, o bebê necessitará de cuidados com profissionais especialistas.

O bebê terá problemas para aprender a falar?
Nesse caso também haverá diferenças. Se a fissura atingir somente o lábio é improvável que haja problemas de fala. Entretanto se chegar até o céu da boca, além das cirurgias corretivas, haverá necessidade de tratamento fonoaudiológico.

O bebê terá retardamento mental?

Não. Não há nenhuma relação entre a fissura e o desenvolvimento mental da criança. Poderá haver algumas dificuldades de comunicação levadas pela fala ou problemas auditivos. O ingresso na escola é fundamental e se surgirem problemas, os serviços de psicologia e pedagogia dos serviços especializados darão respostas aos pais e professores.
Como os pais e parentes se sentem ao saber que o bebê nasceu com fissura?

É natural, inicialmente, que os pais tenham dificuldades de aceitar a nova situação. Os sentimentos mais puros da maternidade misturam-se com ansiedade, dúvidas, medos e sensação de culpa. Levar o fato ao conhecimento dos parentes torna-se uma tarefa ainda mais difícil, mas é importante contar aos familiares e amigos o mais cedo possível, evitando avaliação e comentários fora da realidade.

Qual a idade para iniciar o tratamento?

Não existe idade pré-definida. A idade ideal é logo após o nascimento por causa do relacionamento humano do paciente com o seu meio social.

Algumas dicas:

– lembre-se que a Fissura Lábio-Palatal não passa de uma malformação dos lábios, não atrapalhando a capacidade mental. Por isso, o fissurado deve ser tratado com respeito, carinho e compreensão, assim como qualquer outra pessoa;

– os bebês que têm Fissura Lábio-Palatal merecem uma atenção especial, principalmente na hora da alimentação. O leite materno é o melhor alimento para a criança; os bebês fissurados devem ser amamentados no peito; quando não for possível, coloque o leite do seio na mamadeira e dê ao bebê;

– tenha cuidado para evitar que a criança se afogue quando estiver sendo alimentada;

– na hora de dar de mamar, coloque o bebê quase de pé. Caso o bebê engasgue, basta incliná-lo de cabeça para baixo para desengasgar;

– use calços nos pés da cabeceira do berço, assim você pode deitar o bebê de bruços sem usar travesseiros;

– procure no seu Posto de Saúde por bicos e mamadeiras especiais que facilitam a alimentação de crianças fissuradas;

– sempre deve ser feita a limpeza na região da fissura. Lave as mãos sempre que for alimentar o bebê;

– depois de toda alimentação, faça a limpeza da boca com um cotonete úmido e água limpa. Se a criança já tiver dentes, um adulto deve ajudá-la com a escova de dente.

Como você pode ajudar?

– sempre que tiver conhecimento de um caso de Fissura Lábio-Palatal, entre em contato com o serviço especializado para agilizar o início do tratamento;

– dê todas as informações necessárias para que o paciente ou familiar fique esclarecido sobre a Fissura Lábio-Palatal e seu tratamento. Muitas vezes, eles acham a fissura mais séria do que realmente é;

– lembre-se, fissura não significa atraso mental. Trate o fissurado como uma pessoa normal, que precisa de atendimento médico.

Muitas vezes, a fissura prejudica a capacidade de comunicação do fissurado, sendo confundida erroneamente com algum tipo de dificuldade mental. O fissurado tem uma capacidade mental normal. Por isso ele deve ser tratado de maneira adequada e com respeito. O tratamento da fissura deve começar o quanto antes. A partir do 1º mês de vida já tem início o processo de avaliação e preparação do recém nascido para a cirurgia que, geralmente, ocorre aos 6 meses de vida. Os pacientes adultos também passam pelo mesmo processo clínico, porém, há uma preocupação maior com a readaptação do indivíduo à sociedade.

Fonte: Biblioteca Virtual em Saúde do Ministério da Saúde
Compartilhe!


O que acha? Adicione um comentário.

20 comentários

  1. meu irmao tem labio leporino e fenda palatina ele tem 1 ano e 7 meses. Queria saber se ele falara normal

  2. oi!.nasci com um problema na boca.eu sofro muito com o preconceito das pessoas. gostaria de saber como me conporta neste caso.aguadando sua resposta

  3. marisa aparecida da silva

    meu filho nasceu com labio liporino unilateral e palato total,hoje ele tem 10 anos ja fez varias cirurgias e esta perfeito,o hospital centrinho esta de parabens pelos profissionais maravilhosos,e bem preparados para atender nossos filhos.

  4. susana mestre

    ola a tods, o meu filho recen nascido teen labio leporino e fenda do palato ambas bilaterais…
    neste momento ele alimentase pelo biberao espeçial e alimentase mt bem graças a deus…
    a minha duvida conssiste em k ele tem a maxila konstatemente ferida e seka pork esta exposta e fika seca mt rapidamente…
    mesmo fazendo a higiene cuidada da bokita dele nao konssigo evitar k isso akonteça…
    ha algo k eu possa fazer?
    obrigado…..

  5. eu nasci com labio leporino e fenda palatina,eu to gravida e gostaria de saber se meu filho tem como nascer com o mesmo problema aguardo resposta,obrigado

  6. meu filho tem 8 anos ele tem lábio leporino jà fez cirurgia ele é muito inteligente è engrassado todos na escola gostam muito dele o nome dele è abraão conhecido como B.

  7. meu neto nasceu com labios liporinio fico pensando que sofre muito com isso porcausa da proteseque ele usa e nverdade isso encomoda

  8. meu vizinho teve um filho q nasceu com metade dos labios ainda nao vi nasceu dia 4 de abril de 2010. e ele prescesa de uma mamadeira especial, eu queria saber se e so o bico ou a mamadeira tambem, mas por aqui nao acharam pra comprar, falaram q e so em bauru q tem. moramos aqui na regiao de rio preto. votuporanga me mandem resposta urgente falando alguma coisa. blz

  9. kissila gomes

    olá para todos
    sou casada com um rapaz que tem lábio leporino..

    O melhor lugar´para se tratar do lábio leporino é o centrinho um hospital que fica em Bauru interior de são paulo
    tenho 3 filhos lindos e nenhum nasceu com lábio leporino
    se quiserem saber mais informaçôes entrem em contato pelo meu email. ficarei feliz em ajudá-los pois sei o quanto é ruim não ter informação kissi.nha@hotmail.com boa sorte para todos

  10. clarisse de sousa marques

    olá ,tenho 25 anos e tenho um filho de 8anos q nasçeu com labioleporinio e o palato aberto até hoje ele ja fez 6 cirurgias ,mas gostaria de saber ate quantas cirguias um fisurado pode fazer? fico feliz en ter como me enformar cada vez mas sobre esse assunto.desde ja agradeço a todos pela informação abraço.

  11. samuel dos santos nascimento

    olá, tenho 24 anos e nasci com labio leporineo, fiz a primeira sirurgia aos quatro meses de idade,(o céu da boca é normal) mais meus labis superior ficaram defeituoso um pouco e a narinadireita..quero saber se fazendo mais uma sirurgia vou ficar normal, ou minimisar esse defeito..

  12. maria da paz

    Tenho uma filha de 3 anos que tem lábio leporino. Graças a Deus ela já fez 3 cirurugias e hoje está falando perfeitamente.fez fono e a do palato ela fez muito pequena, fatores que con tribuíram bastante.
    Gostaria de saber se possível, como na minha família não tem nenhum caso, será porque isso aconteceu?

  13. meu filho de 6 meses tem labio leporino bilateral e nao encontramos mamadeira adequada para isso se alguem souber onde encontrar nos ajude.muito obrigado.

  14. Fizemos o ultrasson e foi identificado labio leporino em nosso filho aos cinco meses de gravidez gostariamos de saber tudo sobre a anomalia haja vista que estamos assustados com a situação por não termos experiência alguma. Minha esposa não bebe e não fuma. Uma curiosidade, no período em que ela engravidou eu estava tomando antibiótico devido um acidente que sofri na mesma época, existe a possibilidade de por isso ter ocorrido a anomalia. por favor nos esclareça o quanto antes. Obrigado!!!

  15. Idalicio Santos

    Minha filha tem dois meses e meio,nasceu com lábio leporino unilateral. Estou lutando para fazer a sua cirurgia , mas na minha cidade não faz esse tipo de cirurgia , segundo informações o local mais proximo é em Salvador / BA, pois moro em Itabuna a 460 km de distância. Alguém poderia me enviar telefones que me me desse informações sobre o centro onde faz esse tipo de cirurgia em Salvador?

  16. Tenho um filho com labio leporino bilateral e fenda palatina,quero saber quais as probabilidades do meu proximo filho nascer com o mesmo problema

  17. A minha filha tem 5 anos e tem lábio leporino e fenda do palato, já fez 6 operações e o médico disse que já não tem mais por onde puxar para tapar o céu da boca então a solução que me deu foi daqui por mais dois anos opera-la cozendo-lhe a lingua ao céu da boca. Gostaria de saber se existe proteses, se há outra maneira ou de tirar tecido de outro lado do corpo ou outra coisa qualquer para que ela não sofra tanto

  18. Salomão Oka

    Prezados Grayce e Maurício,
    Tenho alguma experiência no atendimento desse tipo de paciente, especialmente com relação às cirurgias reparadoras. Posso dizer que as chances de filhos de fissurados serem fissurados são baixas. A predisposição genética ainda não está bem relatada na literatura, mas é mais fácil um casal que tem um filho fissurado ter outro bebê fissurado do que uma fissurada ou fissurado gerarem outro.
    A análise da família inteira ainda é relevante. Resumindo: No caso do Maurício e da Grayce é baixíssima. Todavia se uma criança nascer fissurada, existe probabilidade genética de ter um irmãozinho afetado. Não existe tratamento genético para diminuir as chances.

  19. Gostaria de saber o seeguinte:
    Um dos genitores tem labio leporino e o outro nao e sabendo que as chances do filho nascer com labio leporino sao maiores.
    Existe algum tratamento genetico para diminuir essas chances?

    Desde já obrigada.

  20. Tenho labio leporino, fissura unilateral, e gostaria de saber as chances de ter filhos com o mesmo problema. Na minha família não existem casos semelhantes.
    Há como saber essa probabilidade?

    Muito obrigado

Este artigo sobre Fissura Lábio Palatina ou Lábio Leporino | Leia sobre Lábio Palatina, aborda alguns assuntos relacionados com Saúde, e foi atualizado em 2008-08-27
Compartilhar
Compartilhar