sexta-feira , 18 agosto 2017
Capa > Culinária > Como servir vinho corretamente

Como servir vinho corretamente

Seja bem vindo(a)

Você está na categoria Culinária, leia sobre Como servir vinho corretamente, e outros relacionados sobre Culinária e faça bom uso do conteúdo!
Compartilhe!

Dicas e cuidados que devem tomar na hora de servir vinhos

Como-servir-vinhosSe você quer uma refeição diária que se prese, esta deve ser acompanhada pelos melhores e mais apreciados vinhos . Quando não houver preferência definida ou se quiser servir mais que um vinho, pode-se seguir o esquema abaixo, a lista indica os vinhos mais apropriados para acompanhar os diferentes pratos:

Como aperitivo
Vinhos generosos e outros licorosos, vermutes (secos), espumantes naturais (brutos ou secos) e vinhos brancos frutados.

Com tira-gostos
Vinhos de mesa brancos e espumantes naturais, igualmente secos.

Com frutos do mar
Quando cozidos, com molhos de manteiga ou brancos, vinhos doces de mesa (brancos ou rosés); quando gratinados e assados, vinhos de mesa brancos; quando guisados e de caldeirada, vinhos de mesa tintos.

Com entradas
Vinhos de mesa palhetes e tintos.

Com assados e caça
Vinhos de mesa tintos, de preferência velhos, e espumantes naturais (brutos ou secos).

Com doces e frutas
Vinhos generosos e outros licorosos (meio-doces ou doces), vinhos doces de mesa e espumantes naturais (meio-secos, meio-doces ou doces).

Com queijo
Vinhos generosos e outros licorosos ou, se o queijo for servido antes dos doces e das frutas, vinhos de mesa tintos velhos.

Com o café
Aguardentes velhas.

Para bem se saborear os vinhos, é preciso ter alguns cuidados especiais, entre os quais destacamos os seguintes:
Beba à temperatura ambiente os vinhos generosos e outros licorosos, os vinhos de mesa tintos (não exceder nestes os 20°C), bem como as aguardentes.

– Ligeiramente frios, beba os vinhos de mesa brancos (entre 8 e 12°C) e palhetes e os vinhos verdes tintos (entre 12 e 16°C). Bastante frios ou quase gelados, beba os vinhos doces de mesa e os espumantes naturais (mas não abaixo dos 6°C).
– Para refrescar os vinhos, no caso de não dispor de um refrigerador, pode colocar as garrafas em baldes com gelo ou sob água corrente; em caso algum adicione gelo ao vinho.
– Use copos em forma de balão de boca larga para os vinhos generosos e outros licorosos e de balão de boca estreita para as aguardentes.
– Ao colocar o vinho nos copos, evite agitar a garrafa; tratando-se de vinhos tintos velhos, decante, se possível, com todo o cuidado.
– Deixe sempre um espaço do copo por encher, maior para os vinhos generosos e tintos velhos, para melhor apreciar os seus aromas.

Como decantar o vinho

Como decantar o vinhoDecantar o vinho é uma operação relativamente simples, mas delicada. Para quem seja adepto de fazê-Ia, aqui ficam as seguintes indicações:

O recipiente a ser utilizado – o decantador – deve estar escrupulosamente limpo e isento de cheiros. Se for preciso lavá-Ia, escorra muito bem a água.
A capacidade do decantador deve ser superior à da garrafa a ser decantada, mas não em demasia. Cerca de um terço a mais será suficiente.
O formato do decantado r deve ser do tipo “garrafa’; de modo que o vinho possa escorrer ao longo do gargalo e das paredes sem bater no fundo, o que não acontece geralmente no formato “frasco”.
Coloque a garrafa de vinho que se retirou com todo o cuidado do local onde estava deitada num berço apropriado.
Se a garrafa tiver sido previamente retirada da adega e posta de pé (o que deve ser feito pelo menos com 48 horas de antecedência), não use mais o berço, pois deve partir para a decantação sem que seja deitada de novo.
Remova o invólucro da rolha de maneira a expor completamente o gargalo e limpe-o no caso de estar sujo.
Retire a rolha de modo firme e suave, sem sacolejar.
Inicie a operação inclinando a garrafa e também o decantador, de maneira que o vinho deslize suavemente pela parede deste até o fundo. O movimento é contínuo e só deve parar quando através do gargalo vir aparecer os primeiros sedimentos.
Esta operação torna-se mais fácil se você acender previamente uma vela. Se você colocar depois o gargalo da garrafa entre a chama da vela e os seus olhos, poderá detectar muito mais facilmente a passagem dos sedimentos durante a decantação.
Tape o decantador com a respectiva rolha de vidro.

Atenção: Não decante o vinho com muita antecedência. Na maioria dos casos, meia hora antes de servi-los será o suficiente

Compartilhe!


O que acha? Adicione um comentário.
Este artigo sobre Como servir vinho corretamente, aborda alguns assuntos relacionados com Culinária, e foi atualizado em 2011-06-10
Compartilhar
Compartilhar